Bebê recém-nascido é encontrado em lixeira, no interior de São Paulo

Desta vez, caso é em Botucatu; mãe da criança ainda não foi localizada

Priscila Trindade, estadão.com.br

27 de julho de 2011 | 13h10

SÃO PAULO - Uma mulher de 33 anos encontrou um recém-nascido em uma lixeira em Botucatu, no interior de São Paulo, por volta da 1h da madrugada desta quarta-feira, 27. O bebê estava enrolado em um lençol.

 

A mulher viu um lençol na lixeira e percebeu que embaixo dele algo estava se movendo. Ao se aproximar, ela constatou que havia um bebê dentro de um saco plástico. A lixeira fica em frente a casa da mulher, na Rua Edgar de Alencar Saboya, Parque Marajoara.

 

Em seguida, ela levou o menino para dentro de casa e acionou a Polícia Militar. Uma equipe da corporação encaminhou o recém-nascido para o pronto-socorro municipal, onde ele recebeu os primeiros cuidados médicos. Depois, ele foi encaminhado ao pronto-socorro da Unesp. A criança passa bem.

 

A mãe do menino ainda não foi localizada. Caso seja encontrada, ela deve responder por abandono de incapaz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.