Bebê morre em creche de Embu-Guaçu

Menina de cinco meses morreu de insuficiência respiratória nesta segunda

Fábio M. Michel, da Central de Notícias

02 Março 2009 | 20h43

A menina Beatriz Janaína Cruz da Silva, de cinco meses, morreu na manhã desta segunda-feira, 2, em uma creche municipal de Embu-Guaçu, região metropolitana de São Paulo. Segundo o IML da cidade, ela teve insuficiência respiratória.   Janaína ficava aos cuidados da creche há cerca de um mês. Na manhã de hoje, ela foi deixada pela mãe - não identificada - por volta das 7h da manhã. Segundo a delegada Bruna Madureira, a atendente declarou que, por volta das 9h, notou uma mancha de sangue no travesseiro da bebê.   Segundo o depoimento, a criança dormia de bruços e não chorou em momento algum. Ao pegar a bebê no colo, a funcionária - identificada apenas como Sandra - notou sangramento intenso pelo nariz. A pequena foi levada ao PS, mas chegou morta.   Para a prefeitura de Embu-Guaçu, que emitiu nota oficial sobre o caso, a morte de Janaína "foi uma fatalidade" e que uma sindicância será instaurada para apurar se houve negligência da atendente.   Segundo a supervisão de ensino local, Sandra cuidava sozinha de seis crianças. Uma outra funcionária da unidade ainda não havia chegado para o trabalho até as 9h.

Mais conteúdo sobre:
crechebebêmorteembu-guaçu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.