Bebê morre com suspeita de violência sexual em São Paulo

Um menino de apenas um ano e meio foi levado já morto pelos pais ao pronto-socorro do Hospital Regional Sul, em Santo Amaro, na Zona Sul, por volta das 21 horas de segunda-feira, 15. Ao perceberem que a criança apresentava sinais de violência física, com suspeita de abuso sexual, os médicos acionaram a Polícia Militar.            Homens da 1ª Companhia do 22º Batalhão foram ao pronto-socorro e conversaram com os pais. O pai do garoto afirmou que estava trabalhando quando teve de ir às pressas para casa, pois o filho, segundo a mulher, estava passando mal. Ao chegar em casa, pegou a criança e a levou, junto com a mulher, ao pronto-socorro. Ela, por sua vez, disse apenas que ligou para o marido ao ver o filho passando mal.   Sob suspeita, os pais foram encaminhados ao 11º Distrito Policial, de Santo Amaro, onde conversaram com o delegado Rodrigo Hessel. A polícia não quis passar mais detalhes sobre o caso. Às 17 horas, Ulisses Pascolatti dará coletiva para informar sobre a morte da criança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.