Bebê fica preso a carro em assalto e mãe é arrastada

Tia tentou soltar cadeirinha, mas não conseguiu; vítimas tiveram ferimentos leves

Ricardo Brandt, O Estado de S. Paulo

07 Fevereiro 2014 | 19h57

CAMPINAS - Um bebê de 11 meses caiu do carro e a mãe foi arrastada por um quarteirão em uma tentativa de assalto em Campinas, na tarde desta quinta-feira, 6. Ela contou aos policiais que o criminoso fugiu com a porta do carro aberta e a cadeirinha do bebê, onde a criança estava, caiu.

Segundo a Polícia Civil, o assaltante abordou o veículo - onde estavam a mãe, um filho de 6 anos, o bebê e sua irmã - com uma arma de paintball. O menino e a irmã conseguiram sair do carro, e ela ainda tentou soltar a cadeirinha do bebê, mas não conseguiu. A criança foi levada, e uma das portas de trás ficou aberta. A mãe foi arrastada por quase um quarteirão. Ao passar em uma valeta, a cadeirinha foi jogada para fora e o bebê rolou pelo asfalto.

Minutos depois, o assaltante bateu o carro e fugiu, deixando no veículo a arma falsa.

O bebê sofreu ferimentos no ombro e nas pernas e a mãe, nas pernas.

Mais conteúdo sobre:
Campinasassalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.