Diego Fernandes Silva/Folha Regional de Flórida Paulista
Diego Fernandes Silva/Folha Regional de Flórida Paulista

Bebê de 9 meses morre ao ter cabeça prensada dentro de carro em SP

Acidente ocorreu quando Otávio Pierini brincava com irmãos gêmeos no automóvel da família, que estava parado na garagem

Sandro Villar, Especial para O Estado

11 Janeiro 2016 | 17h36

O menino Otávio Pierini de Andrade Silva, um bebê de nove meses, morreu neste domingo, 10, em Flórida Paulista, no interior de São Paulo, ao ficar com a cabeça prensada dentro do carro da família parado na garagem. Ele brincava com dois irmãos gêmeos de dois anos no automóvel modelo Astra.

O garotinho estava no banco traseiro com os irmãos e ficou com a cabeça presa no vão entre o banco dianteiro e a porta do carro. A mãe deixou os três filhos brincando e entrou na casa. "Era costume da mãe deixar os três meninos dentro do carro", afirmou Hilton Testi Renz, de 40 anos, delegado titular de Flórida Paulista.

Um sobrinho da mulher viu o menino prensado e percebeu que ele não se mexia. "A criança foi levada para a Santa Casa, mas já chegou sem vida", explicou o policial.

Um inquérito foi aberto para apurar as circunstâncias da morte da criança. O caso é investigado como morte suspeita. "Não se pode culpar ninguém. Sobre qualquer pena, a maior pena para a mãe é a morte do filho", completou o delegado.

O menino foi enterrado na manhã desta segunda-feira, 11, no Cemitério Municipal de Flórida Paulista. 

Mais conteúdo sobre:
Flórida PaulistaSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.