Bebê atropelado por bêbado em parque tem morte cerebral

Criança de oito meses brincava com andador quando foi atingida por carro de motorista sem carteira

Maíra Teixeira, da Central de Notícias,

12 Março 2010 | 19h41

Após passar cinco dias em coma, foi decretada a morte cerebral do bebê de oito meses atropelado em um parque de Carapicuíba, na Grande São Paulo, na última segunda-feira. A família autorizou a doação dos órgãos da criança, que permanece em coma profundo.

 

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, a morte cerebral foi confirmada no início desta tarde de sexta-feira, 12. Uma junta médica avalia ainda que órgãos serão doados. O bebê está internado no Hospital Regional de Osasco.

 

Os dois foram atropelados quando o bebê brincava em um andador. O motorista, de 36 anos, foi detido pela polícia, que realizou o teste do bafômetro e constatou que ele estava alcoolizado. Ele foi preso e encaminhado para o 1º Distrito Policial de Carapicuíba. O detido não tem carteira de habilitação e responde por outros três processos da mesma natureza.

 

O pai da criança continua internado, mas passa bem e seu estado de saúde é estável. Ele fraturou a bacia e a clavícula.

Mais conteúdo sobre:
SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.