Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Bebê abandonado em Higienópolis sai da Santa Casa

Hospital diz que menina foi encaminhada a abrigo, mas não detalha qual seria; zelador que a encontrou manifestou desejo de adotá-la

O Estado de S. Paulo

10 de outubro de 2015 | 20h27

SÃO PAULO - A criança recém-nascida que foi abandonada dentro de uma sacola em Higienópolis, na região central de São Paulo, recebeu alta do Hospital Santa Casa de Misericórdia e foi transferida para um abrigo na sexta-feira, 9 - possivelmente para adoção. O hospital confirmou a informação mas não disse para onde o bebê foi encaminhado, já que se trata de menor de idade.

A menina virou um xodó da equipe médica desde que deu entrada no hospital, no último domingo, 4, sem fralda, envolta em paninhos sujos e pesando cem gramas a menos.

A criança foi abandonada ao pé de uma árvore da Rua Piauí, em Higienópolis, região central, minutos antes de ser encontrada pelo zelador de um prédio que fica poucos metros acima. Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento em que uma mulher, depois identificada como empregada doméstica e moradora da região, carrega a menina apoiada no ombro esquerdo e segura um guarda-chuva. Pouco depois, ela larga o bebê na calçada e sai andando.

O zelador que encontrou a recém-nascida, Francisco de Assis Marinho, manifestou o desejo de adotar a criança. Ele disse ter "ouvido falar" que a menina havia sido liberada do hospital e se mostrou triste. "Se tiver informações de para onde ela foi, me avisa", pediu ele à reportagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.