Bêbado na aula de moto

Instrutor é preso em Brasília; além de embriagado, ele levava trouxinhas de maconha

, O Estado de S.Paulo

24 de setembro de 2010 | 00h00

Um instrutor de motocicleta acabou ontem na delegacia de polícia, após chegar embriagado à área de treinamento de autoescolas, próximo do Ginásio Nilson Nelson, no centro de Brasília.

Segundo informações do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF), o instrutor - cujo nome não foi divulgado - chegou uma hora atrasado para a aplicação dos exames, apresentando sinais de embriaguez.

O teste do bafômetro teria acusado 0,38 mg/l de concentração de álcool em seu sangue.

De acordo com o Detran-DF, o instrutor disse que havia ido a uma festa no dia anterior e guardava uma porção de maconha dentro de uma caixa de fósforo.

Ele conseguiu ser solto da delegacia de polícia após pagar fiança de R$ 1 mil. Além disso, teve sua Carteira Nacional de Habilitação recolhida.

Penalidade. Dirigir sob influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência é considerado uma infração gravíssima segundo as normas do Código de Trânsito Brasileiro. Os infratores estão sujeitos a multa e suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.