Batida entre 5 veículos em estrada do PR mata 12

Acidente entre dois ônibus - que bateram de frente -, uma caminhonete Ranger, um Celta e uma motocicleta, às 17h de ontem, deixou ao menos 12 mortos e 50 feridos no quilômetro 176 da Rodovia PR-323, em Paiçandu, a cerca de 30 quilômetros de Maringá, no noroeste do Paraná. Informações preliminares indicavam que três vítimas estavam na Ranger, duas no Celta e 7 nos ônibus.

JULIO CESAR LIMA, ESPECIAL PARA O ESTADO, CURITIBA, O Estado de S.Paulo

12 de agosto de 2012 | 03h04

Os feridos foram levados para os hospitais de Cianorte e de Maringá, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE-PR).

Conforme a polícia, um dos ônibus havia sido fretado por um grupo de evangélicos de Tapejara para passar o dia em um parque de Maringá. O outro era um ônibus de turismo da empresa Expresso Maringá e transitava na linha entre Maringá e Umuarama com 42 passageiros.

A PRE não sabia informar, ontem à noite, o que teria provocado o acidente. A tenente do Corpo de Bombeiros Inaiti Dias orientou os motoristas a evitar a estrada, que estava totalmente interditada até 23h30 de ontem.

A Polícia Científica chegou ao local por volta das 20h30 para realizar as primeiras perícias e investigar as causas do acidente.

Perigo. A PR-323 liga Maringá a Guaíra e é considerada uma das rodovias mais perigosas do Paraná por causa dos trechos malconservados, do tráfego intenso e da topografia acidentada. / COLABOROU CAMILA BRUNELLI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.