Batida entre 3 carretas causa lentidão na Imigrantes

Acidente não deixa vítimas, porém a faixa do meio está interditada, intensificando tráfego até o quilômetro 48

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

28 de dezembro de 2007 | 11h04

Um acidente envolvendo três carretas, na altura do quilômetro 46,6 da Rodovia dos Imigrantes, que é utilizada por quem vai do litoral de São Paulo para a capital paulista, prejudica o trânsito de veículos. Segundo a Ecovias, empresa concessionária do Sistema Anchieta-Imigrantes, o acidente não deixou vítimas, mas interditou uma faixa, causando lentidão na chegada à capital.   Veja também: Movimento é intenso no sistema Anchieta-Imigrantes Ao vivo: sistema Castelo Branco-Raposo Tavares Ao vivo: sistema Anhangüera-Bandeirantes Ao vivo: Rodovia Presidente Dutra  Ao vivo: estradas que dão acesso ao litoral   O movimento permanece intenso na Anchieta-Imigrantes, porém sem pontos de congestionamento ao longo das duas estradas em direção à Baixada Santista. Na última contagem, passaram pelos pedágios rumo às praias 5.713 veículos. O tempo permanece bom e a visibilidade normal. O trânsito é intenso em direção ao litoral desde quinta-feira, quando os motoristas que adiantaram a ida à praia enfrentaram, sem informações, longas filas de congestionamento nas rodovias, que alcançavam os acessos na zona sul de São Paulo.   O tráfego intenso no Sistema Anchieta-Imigrantes, na Régis Bittencourt e na Dutra, em decorrência do feriado de réveillon, surpreendeu viajantes que esperavam encontrar pistas livres na quinta-feira. A expectativa para esta sexta-feira é de que o movimento se intensifique ainda mais até o período da tarde e início da noite.   Outras rodovias que saem da capital também registraram lentidão na quinta-feira. Mas, nesta sexta-feira, até as 12 horas, o movimento estava tranqüilo na Régis Bittencourt, na Via Dutra, na Castelo Branco, na Raposo Tavares e na Tamoios.    Operação Ano Novo   A Polícia Rodoviária Federal iniciou, durante a madrugada desta sexta-feira, 28, a Operação Ano Novo. Ao lado do Natal e Carnaval, o Réveillon é um dos feriados mais importantes do ano e registra picos de aumento de tráfego de até 30%. Para fins de comparação, em função da similaridade das datas, a PRF vai comparar os números de Ano Novo com o Natal de 2007, que foi um dos mais violentos nos últimos 20 anos, registrando 2.561 acidentes, com 196 mortos e 1.870 feridos. Durante a operação, a Polícia Rodoviária Federal vai empregar 9,7 mil patrulheiros, duas mil viaturas, 10 helicópteros, 500 radares e 400 etilômetros.

Tudo o que sabemos sobre:
Imigrantestrânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.