Bando explode caixas e atira contra polícia em Sorocaba

Os bandidos chegaram por volta das 6 horas, renderam os funcionários do posto e usaram explosivos para abrir os caixas

José Maria Tomazela, O Estado de São Paulo

16 de junho de 2014 | 12h03

SOROCABA – Criminosos tomaram funcionários de um posto de combustível como reféns, explodiram dois caixas automáticos e fizeram disparos de fuzil contra uma viatura da Polícia Militar, na manhã desta segunda-feira (16), em Sorocaba. Os bandidos – quatro homens e uma mulher, todos armados – conseguiram fugir levando parte do dinheiro. As explosões e a perseguição ao bando deixaram em pânico moradores do bairro Wanel Vile, na zona oeste da cidade.

Os caixas, dos bancos Bradesco e Santander, estão instalados na área de estacionamento de um hipermercado, onde também funciona o posto de abastecimento. Os bandidos chegaram por volta das 6 horas, renderam os funcionários do posto e usaram explosivos para abrir os caixas. Policiais de uma viatura que fazia patrulhamento na região ouviram as explosões e foram até o local. Um carro em fuga foi abordado na rua Américo Figueiredo, mas os ocupantes fizeram cinco disparos de fuzil contra a viatura, que não foi atingida. Os bandidos fugiram em direção à rodovia Raposo Tavares.

A Polícia Militar Rodoviária montou bloqueios na estrada, mas os criminosos escaparam. O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da PM foi chamado para recolher dois explosivos que ficaram intactos. Parte do dinheiro que havia num dos cofres foi deixada para trás. O valor levado não foi divulgado.

Este foi o sexto ataque a caixas automáticos com uso de explosivos na cidade desde o início do ano. As ações criminosas dificultam a vida de clientes bancários, já que dezenas de equipamentos que estavam à disposição do público foram retiradas ou desativadas.

Tudo o que sabemos sobre:
SorocabaAssalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.