Bando é preso após assaltar prédio na região central de SP

Quatro homens invadiram edifício e tentaram levar celulares, e dinheiro, incluindo cofrinho de uma criança

Daniela do Canto, Jornal da Tarde

20 Janeiro 2009 | 14h25

Quatro homens foram presos depois de invadirem um apartamento em um prédio de sete andares na noite de segunda-feira, 19, no Brás, região central de São Paulo. Entre os itens roubados, estava o cofrinho de uma criança de 8 anos, com R$ 77 em moedas. "Eu junto as moedas para o meu filho, que mora em Brasília", contou o eletricista de 36 anos dono do apartamento, que pediu para não ser identificado. Ele comemorou a recuperação do cofrinho pela polícia. "Meu filho ficaria muito chateado", disse.   Além do cofre, a quadrilha roubou R$ 62 em dinheiro, um par de tênis, oito celulares e uma lata com uma calcinha dentro. Todos os itens foram recuperados e uma pistola calibre 380 foi apreendida. De acordo com informações de policiais militares que efetuaram a prisão, os homens invadiram o apartamento no quarto andar do Edifício São João, na Rua Rubino de Oliveira, pouco antes das 22h30. No momento, um amigo chegava para visitar os moradores. "Acredito que os ladrões estavam escondidos e se aproveitaram quando alguém foi abrir a porta para render o pessoal", avaliou o eletricista.   Quando o apartamento foi invadido, estavam no local nove pessoas - duas mulheres, dois homens, dois adolescentes e três crianças. "É que também tenho uma confecção e o pessoal que trabalha comigo mora no apartamento", explicou o eletricista, que estava em uma lanchonete próxima no momento do roubo.   Segundo ele, os ladrões apontaram armas para a cabeça das crianças e pediram dinheiro. "Eles chegaram a ameaçar de cortar o dedo de um dos meninos, de 17 anos, com uma tesoura", afirmou. A polícia foi avisada do roubo e quando os policiais chegaram ao local, os bandidos já se preparavam para fugir. "Eles estavam descendo quando viram os PMs e subiram de novo. Uns foram para a cobertura e teve um que conseguiu pular de uma sacada para outra", relatou o eletricista.   Os PMs conseguiram capturar os quatro homens, identificados como Marcelo Lino dos Santos, de 25 anos, Carlos Aberto, de 25, Rodrigo de Almeida Giovanine, de 24 e Alexsandro Mesquita dos Santos, de 22 anos. A PM acredita que um quinto integrante da quadrilha, que segundo o relato de testemunhas estaria esperando os demais dentro de um Astra prata estacionado na rua, tenha conseguido fugir. O caso foi registrado no 12.º Distrito Policial (Pari).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.