Filipe Araujo/AE
Filipe Araujo/AE

Bando e PM trocam tiros no Ibirapuera após tentativa de roubo a clube

Criminosos tentaram roubar um caixa eletrônico do Ipê Clube; três suspeitos morreram e dois policiais foram baleados

Ricardo Valota e Priscila Trindade, Central de Notícias

26 de abril de 2011 | 05h22

SÃO PAULO - A Polícia Militar (PM) continuava, às 9 horas desta terça-feira, 26, a procurar bandidos que trocaram tiros com agentes da corporação após tentativa de roubo a caixa eletrônico num clube na Rua Ipê, região do Ibirapuera, zona sul de São Paulo.

 

Houve troca de tiros e três suspeitos morreram, por volta das 4h15. Dois deles foram socorridos ao pronto-socorro São Paulo, mas não resistiram aos ferimentos. O terceiro, que estava armado com um fuzil, também reagiu à abordagem policial e foi baleado. Ele foi levado para o pronto-socorro Saboia, onde morreu.

 

Dezenas de viaturas da PM se envolveram na caça aos bandidos após o primeiro tiroteio, ocorrido em frente ao clube, cujo porteiro, pelo sistema de monitoramento por câmeras, ligou para o 190 ao ver que criminosos entraram no clube e seguiam em direção ao caixa eletrônico.

 

O helicóptero Águia, também da PM, auxiliou os policiais. Outros dois tiroteios ocorreram na Rua Comandante Ismael Guilherme, próximo ao portão 5 do Parque do Ibirapuera, e na esquina da Avenida Ibirapuera com a Rua Borges Lagoa, onde um caminhoneiro seguia com seu veículo, carregado de plantas, para a Ceagesp, na zona oeste. Um dos criminosos foi baleado pelos policiais no momento em que rendia o caminhoneiro, que teve um dos vidros do veículo estilhaçado pelos criminosos.

 

Dois policiais militares do 12º Batalhão ficaram feridos e foram levados para o Hospital São Paulo. Foram apreendidas duas armas, uma pistola e um fuzil.

 

Notícia atualizada às 9h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.