Polícia Militar/divulgação
Polícia Militar/divulgação

Bando armado explode duas agências bancárias e causa terror em Tabapuã

Durante o ataque, os criminosos fizeram disparos com fuzil para manter a polícia e curiosos afastados

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

16 Dezembro 2017 | 15h15

SOROCABA – Uma quadrilha fortemente armada atacou e explodiu duas agências bancárias, na madrugada deste sábado, 16, em Tabapuã, interior de São Paulo. Durante o ataque, os criminosos fizeram disparos com fuzil para manter a polícia e curiosos afastados.

Os tiros e as explosões deixaram em pânico os moradores da cidade, de 11,3 mil habitantes, na região de São José do Rio Preto. Os prédios das agências atacadas, dos bancos Bradesco e Santander, ficaram destruídos. De acordo com a Polícia Civil, os criminosos fugiram levando cerca de R$ 100 mil roubados das duas agências. Ninguém foi preso.

O ataque aconteceu por volta das 2h30. Os bandidos chegaram em ao menos dois veículos e, quando começaram a atirar, alguns bares que estavam abertos cerraram as portas. Um dos tiros acertou a fachada de uma loja a mais de cem metros do local. As explosões foram ouvidas em toda a cidade.

A Polícia Militar fez cercos na região, mas não conseguiu deter os criminosos. De acordo com a polícia, as mesmas agências já haviam sido alvos de criminosos em 2013. Naquela ocasião, os assaltantes tomaram como refém um vigilante noturno, mas não conseguiram levar o dinheiro dos caixas.  

Mais conteúdo sobre:
assalto a bancoTabapuã [SP]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.