Google Street View
Google Street View

Bandidos usam uniforme policial para assaltar banco em Santos

Crime que durou mais de sete horas ocorreu na Rua General Câmara, 15, no centro da Baixada Santista

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

18 Dezembro 2017 | 11h30

SÃO PAULO – Com farda de policial, criminosos invadiram a agência central da Caixa Econômica Federal localizada na Rua General Câmara, 15, no centro de Santos, litoral paulista, neste domingo, 18. A unidade bancária não abriu nesta segunda-feira, 19, porque equipamentos como computadores também foram levados pelos bandidos.

O primeiro criminoso chegou a agência, por volta das 11 horas da manhã, usando o uniforme da Polícia Militar (PM). Enquanto ele conversava com o vigilante, outros assaltantes entraram armados na unidade bancária. Para não serem reconhecidos, alguns dos bandidos usaram máscaras com aparência de pele humana e toucas ninjas.

Uma funcionária foi amarrada com fios de mouse e telefone. Outra funcionária que também estava no prédio foi rendida pelos bandidos.

Em seguida, os criminosos se dirigiram ao cofre do banco. Por volta das 18 horas, sete horas depois, a quadrilha deixou o banco levando dinheiro, joias, armas e computadores. Os funcionários da agência acionaram a polícia.

A Secretaria de Segurança de Santos informa que as imagens realizadas pelo Sistema Integrado de Monitoramento (SIM) estão sendo analisadas pelas polícias Militar e Federal e não poderão ser disponibilizadas à imprensa até que a polícia libere a divulgação.

A Caixa Econômica Federal esclarece que informações sobre eventos criminosos são repassadas exclusivamente às autoridades policiais, e que o banco está colaborando com as investigações.

+++ Saiba mais sobre outros assaltos a bancos.

Uma quadrilha fortemente armada atacou e explodiu duas agências bancárias, na madrugada de sábado, 16, em Tabapuã, interior de São Paulo. Durante o ataque, os criminosos fizeram disparos com fuzil para manter a polícia e curiosos afastados.

Relembre: Polícia descobre túnel de ladrões que levaria a cofre do Banco do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.