Bandidos só conseguem R$ 45 em assalto e matam dono de bar

O proprietário do estabelecimento, na região da Brasilândia, zona norte, levou um tiro no rosto; polícia suspeita que trio se irritou com quantia encontrada

Luciano Bottini Filho, O Estado de S. Paulo

22 Maio 2013 | 12h28

O dono de um bar, de 69 anos, foi morto com um tiro no rosto em um assalto na região da Brasilândia, zona norte, por três criminosos, que levaram R$ 45 e um bilhete único de um cliente no local, na noite desta terça-feira, 21. Antônio Elias chegou a receber socorro dos bombeiros, mas morreu ainda a caminho do Hospital Geral de Taipas. O crime ocorreu por volta das 19h.

Os assaltantes, segundo o cliente roubado, tinham entre 17 e 18 anos e fugiram do local a pé. De acordo com os familiares da vítima, Elias não reagiu durante a ação. Ele teria sido atingido logo após abordarem o cliente. A polícia ainda não sabe qual foi o motivo do disparo, mas há a suspeita de que o trio tenha ficado nervoso por não encontrar bens de valor com o comerciante.

"Iremos ouvir esse cliente para identificar os suspeitos com imagens de outros menores de idade que já tiveram passagem pela polícia", diz o delegado Francisco de Paula Santos, do 74º DP (Jaraguá). Ainda não foram encontradas imagens de câmeras nas redondezas. "Não houve razão aparente para o tiro", afirma Santos, que considera a investigação mais difícil se for confirmado o envolvimento de menores de idade.

Mais conteúdo sobre:
barbrasilâbndia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.