Bandidos são presos durante assalto no Carrefour Limão

Doze funcionários foram feitos reféns e tiveram os celulares roubados

Bruno Lupion e Ricardo Valota, do estadão.com.br,

14 Dezembro 2010 | 04h20

SÃO PAULO - Dois bandidos foram presos e um conseguiu fugir após invadirem o hipermercado Carrefour do bairro do Limão, na zona norte da capital, na madrugada desta terça-feira, 14, e roubarem 12 celulares de funcionários feitos reféns.

 

Um vigilante acionado pelo rádio por uma das vítimas chamou a polícia, que flagrou a dupla entrando em um Hyundai i30 estacionado na rua do estabelecimento, na esquina das Avenida Professor Celestino Bourroul com a Marginal Tietê.

 

Segundo policiais militares da 2ª Companhia do 9º Batalhão Metropolitano, os assaltantes disseram que pretendiam roubar eletroeletrônicos à venda na loja, mas desistiram quando perceberam que a polícia havia sido acionada.

 

"Eles entraram por volta da 1h30, nos mandaram ficar deitados no chão e entregar o celular, mas consegui falar com um dos vigilantes pelo rádio", disse uma das vítimas, que preferiu não se identificar. Entre as doze pessoas feitas reféns, estavam seguranças, faxineiros e estoquistas.

 

O caso foi registrado no 13º Distrito Policial, da Casa Verde. Segundo os policiais, o Hyundai i30 que seria usado pelos ladrões não é roubado e um revólver calibre 38 foi apreendido com a dupla. O terceiro comparsa, que também estava armado, não havia sido preso até a manhã desta terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.