Bandidos morrem ao tentarem roubar moto de policiais em Diadema e SP

Um dos mortos tinha 17 anos; os criminosos que atacaram os policiais também ocupavam uma moto

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

27 Outubro 2011 | 06h22

SÃO PAULO - Duas tentativas de roubo de moto contra um policial civil e um militar terminaram com a morte de dois bandidos e a prisão de um terceiro na zona sul de São Paulo e na cidade de Diadema, no Grande ABC, na noite de quinta-feira, 27.

 

O adolescente L.J.R., de 17 anos, levou a pior ao escolher a vítima errada e abordar o soldado Adalberto de Carvalho Soares, do 24º Batalhão, às 20h45, na Avenida Piraporinha, região central de Diadema. O comparsa do menor, em meio ao tiroteio, fugiu a pé, e abandonou a moto da dupla, uma Honda, placas ECS 7025/Diadema, roubada. O veículo foi devolvido ao dono. Mesmo encaminhado ao pronto-socorro central, o adolescente não resistiu e morreu. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial da cidade.

 

Duas horas mais tarde, o escrivão de polícia Luiz Augusto Bingre, que trabalha no 48º Distrito Policial, do Jardim Miriam, também numa moto, foi abordado por dois assaltantes na Rua Javari, uma travessa da Avenida Nossa Senhora do Sabará, no Jardim Sabará, zona sul da capital. Acompanhado da namorada, o policial sacou a arma ao ser atacado pela dupla, que ocupava outra moto. No tiroteio, os dois bandidos foram baleados. Um deles morreu no pronto-socorro do Hospital Pedreira, onde comparsa, baleado numa das pernas, continua internado. A namorada de Luiz foi ferida em um dos pés, mas passa bem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.