Leonardo Soares/AE
Leonardo Soares/AE

Bandidos fizeram funcionária de escudo no roubo a Shopping Cidade Jardim

Pelo menos dez participaram de roubo a loja da Rolex, em ação de 5 minutos; suspeitos fugiram

Gabriel Pinheiro, do estadão.com.br

07 de junho de 2010 | 17h34

SÃO PAULO - Uma funcionária da loja de relógios de luxo Rolex foi usada como escudo humano para a saída dos bandidos do Shopping Cidade Jardim. Segundo a Polícia Militar (PM), pelo menos quatro invadiram o shopping, localizado na zona sul da cidade, no início da tarde desta segunda-feira, 7, menos de um mês depois do roubo da joalheria Tiffany Co. Na ação de hoje, que durou cerca de cinco minutos, segundo o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), ninguém se feriu.

 

Veja também:

linkCidade Jardim é novamente assaltado

 

Os bandidos que participaram do roubo - ao menos dez, de acordo com o Deic - conseguiram fugir em dois carros. Segundo relatos de testemunhas, havia sinais de tiros no shopping. A loja vizinha, da grife Mont Blanc, também chegou a ser invadida por um deles, mas não foi assaltada. A Rolex ainda não divulgou o valor do prejuízo.

 

No último dia 16, oito homens entraram no shopping e roubaram cerca de R$ 1,5 milhão em joias da Tiffany & Co. O roubo foi filmado pelo circuito interno de tevê, mas apenas quatro foram presos. Os produtos roubados não foram recuperados.

 

Texto atualizado às 18h55.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Cidade Jardim

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.