Bandidos fazem arrastão em prédios comerciais de SP

Edifícios em Pinheiros e no Campo Belo tiveram porteiros rendidos e salas invadidas; ninguém foi preso

Fabiana Cambricoli, O Estado de S.Paulo

23 Novembro 2014 | 16h42

SÃO PAULO - Dois edifícios comerciais, um deles no Campo Belo (zona sul) e o outro em Pinheiros (zona oeste), sofreram um arrastão neste domingo, 23. Não há indícios de ligação entre os dois casos.

De acordo com a Polícia Militar, o primeiro caso ocorreu por volta da 1h30, quando cinco homens renderam o porteiro de um edifício localizado na Rua Joaquim Antunes, em Pinheiros. Eles entraram em algumas salas e fugiram levando objetos. A PM não soube informar o que foi roubado.

Mais tarde, pouco depois das 6h, um grupo de dez homens invadiu um prédio comercial na Rua Vieira de Morais, no Campo Belo. Os ladrões renderam o porteiro e um publicitário que trabalha no local, mantiveram os dois reféns e arrombaram salas comerciais. O publicitário teve carro, celular, computador e relógio roubados.

A Polícia Civil espera agora que os proprietários ou locatários das demais salas compareçam à delegacia para informar o que foi levado.

Nos dois casos, não houve presos, de acordo com a Polícia Militar.

Mais conteúdo sobre:
arrastão violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.