Bandidos fazem arrastão em prédio comercial do interior de SP

Polícia investiga como edifício foi invadido sem ter entrada arrombada; foram levados computadores e telefones

Simone Menocchi, O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2008 | 20h28

Ladrões fizeram um verdadeiro arrastão em um prédio de escritórios na região central de São José dos Campos, no Vale do Paraíba. Durante a madrugada desta terça-feira, 23, eles arrombaram portas, destruíram o sistema de monitoramento por câmeras e roubaram telefones, móveis e computadores.  A ação dos bandidos foi percebida pelos funcionários dos 45 escritórios que chegaram para trabalhar na manhã de terça-feira. "Percebi que as portas estavam abertas e comecei a ver tudo pelo chão", disse a recepcionista Damares Fonseca. Acostumada a abrir o local, ela foi a primeira a chegar e levou um susto. Dos 45 estabelecimentos, 26 foram arrombados. "Aqui levaram até documentos, além de telefones. Foi terrível", disse o analista Jonas Silva. "Um prejuízo de sete mil reais pelo menos para mim", completou o dono de um dos escritórios, Márcio Rodrigues.  Durante toda a tarde marceneiros, pedreiros e eletricistas corriam com o trabalho para substituir portas, trocar fechaduras e repor as fiações cortadas, além do sistema de monitoramento de segurança.  A polícia investiga como os ladrões conseguiram entrar no local sem arrombar os portões principais. "Nada foi arrombado até que eles ganhassem o interior do prédio. Os portões estavam intactos", disse a síndica Raquel Fernandes, ressaltando que nunca havia sido registrado nenhum furto no local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.