Bandidos explodem caixas eletrônicos na Unip de Sorocaba

Vigilantes e funcionários foram dominados pelos criminosos; a área foi isolada pela Polícia Militar e as aulas não foram suspensas

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

10 Junho 2015 | 15h25

SOROCABA - Quatro homens invadiram o câmpus da Universidade Paulista (Unip) e explodiram dois caixas automáticos do Santander na madrugada desta quarta-feira, 10, em Sorocaba, no interior de São Paulo. Vigilantes e funcionários da portaria foram dominados pelos criminosos, que estavam armados com fuzis.

As explosões, com o uso de dinamites, aconteceram por volta das 5h30 e  destruíram os equipamentos e parte das instalações, incluindo uma parede. Cédulas de R$ 20 e R$ 50 ficaram espalhadas pelo local, enquanto o bando fugiu em uma caminhonete de cor escura.

A Polícia Militar fez buscas na região, mas não localizou os criminosos. A universidade informou que a área foi isolada e as aulas não foram prejudicadas.

Foi o segundo ataque com o uso de explosivos na cidade nesta semana. Na segunda-feira, 8, criminosos dominaram vigilantes e explodiram dois caixas bancários, do Bradesco e da Caixa Econômica Federal, respectivamente, instalados em um supermercado, na zona norte da cidade.

Mais conteúdo sobre:
Violência Sorocaba Unip Santander

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.