Bandidos explodem caixas em duas cidades do interior de SP

Em Torre de Pedra, explosão assustou moradores; em São Roque, funcionários de estabelecimentos próximos foram ameaçados

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

05 Dezembro 2014 | 15h56

SOROCABA - Bandos armados explodiram caixas automáticos de bancos em duas cidades da região de Sorocaba, na madrugada desta sexta-feira, 5. Em Torre de Pedra, o ataque com explosivos destruiu a agência localizada na rua principal e causou avaria em duas casas vizinhas. A sequência de cinco explosões, por volta das 4 horas, causou abalo nas casas e assustou os moradores. De acordo com a Polícia Militar, apesar do impacto, o cofre do caixa não abriu e os bandidos fugiram sem levar nada.

Em São Roque, no mesmo horário, os criminosos atacaram dois caixas eletrônicos instalados entre o posto de combustível e o restaurante da rede Quinta do Marquês, no km 57 da rodovia Castelo Branco, sentido capital. Vigilantes e funcionários que chegavam para trabalhar foram ameaçados. A explosão destruiu os caixas e uma parte das cédulas ficou espalhada no chão. Os bandidos fugiram em um carro pela rodovia. O valor roubado não foi informado. Nos dois ataques, ninguém foi preso.

Viagem. Com a destruição do único posto bancário de Torre de Pedra, servidores públicos e usuários terão de viajar 18 km até Porangaba para usar os serviços bancários. Nesta cidade, duas agências também foram atacadas recentemente, mas voltaram a funcionar. 

A onda de ataques não poupou uma única cidade no entorno: Cesário Lange, Bofete, Gureí, Alambari, Pereiras, Conchas e Jumirim tiveram agências bancárias explodidas nos três últimos meses. Em todo o Estado de São Paulo, foram registrados 142 roubos a bancos este ano, sendo 21 ataques apenas no mês de outubro, segundo estatística da Secretaria da Segurança Pública.

Mais conteúdo sobre:
Torre de Pedra São Roque São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.