Bandidos explodem caixa eletrônico em posto de gasolina em Osasco

De janeiro até agora, foram pelo menos 135 casos na capital e Grande SP no período noturno

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

15 Dezembro 2011 | 06h15

SÃO PAULO - Um caixa eletrônico do Bradesco foi alvo de bandidos munidos com explosivos, por volta das 3 horas desta madrugada de quinta-feira, 15, no interior de um posto Ipiranga, que estava fechado, na esquina da Estrada Municipal Giuseppe Sacco com a Rua Antonio Queirós da Silva, no Parque das Bandeiras, zona sul de Osasco, na Grande São Paulo.

 

Após a explosão, os criminosos fugiram e, até as 6 horas, nenhum suspeito havia sido localizado. Após a perícia, será possível saber se algum valor foi levado da máquina, que ficou completamente destruída. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Osasco.

 

Ataques. De janeiro até agora, a reportagem do estadão.com.br apurou 135 casos de ataques a caixas eletrônicos no periodo noturno na capital e nas cidades da Grande São Paulo. Foram 59 casos em São Paulo e 76 nos demais municípios. Dos 135 ataques, 93 ocorreram com a utilização de explosivos. Os maiores alvos dos bandidos foram os supermercados (43 casos), agências bancárias (32) e postos de combustível (19). O saldo deste montande apurado até agora é de 44 pessoas presas e 10 mortas em confrontos com a polícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.