Bandido morre e menor é apreendido após grupo, em fuga, abordar um policial

Grupo assaltou padaria, roubou um carro e tentou o mesmo contra um PM na zona leste de SP

14 de agosto de 2012 | 05h33

SÃO PAULO - Um assaltante foi morto, um menor foi apreendido e outros dois criminosos conseguiram fugir a pé, por volta das 21 horas de segunda-feira, 13, quando o grupo, que já havia assaltado uma padaria e roubado um veículo, ainda em fuga tentou roubar um segundo carro, desta vez de um policial militar, na Vila Nhocuné, zona leste da capital paulista.

 

Após assaltarem a padaria Internacional, da qual levaram o dinheiro do caixa e vários pacotes de cigarro, os criminosos, em frente ao estabelecimento, localizado na Rua Capitão Manoel Penha, dominaram Paulo Yoshitake Kameya e dele roubaram um Toyota Corolla. Policiais militares foram acionados e iniciaram a caça ao grupo. Como perceberam que seriam localizados, os bandidos resolveram abandonar o Corolla e, na Rua São Vitório, abordaram o policial militar Anderson do Espírito Santo, que, à paisana, estacionava um Renault Logan.

 

O policial reagiu e baleou um dos criminosos, identificado como Lucas de Oliveira Rodrigues, que morreu quando era atendido no pronto-socorro da Vila Nhocuné. Um segundo assaltante, M.F.V., de 16 anos, foi dominado pelo policial e encaminhado para o 24º Distrito Policial, da Ponte Rasa. Os outros dois ladrões fugiram a pé. O menor seria encaminhado para a Fundação Casa (antiga Febem).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.