Bandido mata caseiro e violenta mulher em chácara de Ibiúna

Criminoso entrou em luta corporal com caseiro e fugiu sem levar nada; polícia prendeu suspeito nas redondezas

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

27 de outubro de 2009 | 07h26

O caseiro Alexandre Lino, de 26 anos, foi morto a facadas, e sua esposa, de 27 anos, violentada, por volta da 1h30 desta terça-feira, 27, após um homem invadir uma chácara em Ibiúna, interior paulista.

 

Ao ser surpreendido por um desconhecido dentro da residência, o caseiro entrou em luta corporal com o suposto assaltante e acabou ferido por vários golpes. Após matar o caseiro, o bandido estuprou a esposa da vítima. Também ferido e sem levar nada da casa, o bandido fugiu.

 

Um suspeito, identificado como Carlos José Ribeiro Silva, de 25 anos, foi preso nas proximidades da chácara por policiais militares do 40º Batalhão do Interior, acionados pela esposa do caseiro. Segundo a PM, Carlos, que já tem passagens por roubo e posse de droga, não portava a faca, mas foi reconhecido pela mulher de Alexandre.

 

A esposa do caseiro e o suspeito foram encaminhados ao pronto-socorro central de Ibiúna. O caso foi encaminhado para a delegacia central da cidade.

Tudo o que sabemos sobre:
crimeibiúnacaseiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.