Balconista reage a assalto e morre com tiro na cabeça

O balconista Elias Martins Moraes Neto, de 19 anos, saiu de casa anteontem com o primo Luciano Moraes Santana para curtir a Virada Cultural. Os dois haviam acabado de conhecer duas meninas quando foram abordados por dois ladrões na Rua Santa Ifigênia, em Campos Elísios.

Thiago Lasco, O Estado de S.Paulo

20 Maio 2013 | 02h03

Os assaltantes mostraram uma arma e exigiram que as vítimas entregassem seus pertences. Luciano resistiu e levou uma coronhada na cabeça. Os ladrões então tomaram os celulares dos dois e saíram correndo.

Nesse momento, Elias suspeitou de que a arma poderia ser de brinquedo e resolveu perseguir a dupla para recuperar os aparelhos. Na altura da Avenida Rio Branco, na mesma região, um dos bandidos sacou a arma e baleou o jovem na cabeça.

O balconista foi levado para a Santa Casa, no centro, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo consta do boletim de ocorrência, os criminosos tinham entre 14 e 20 anos. A polícia vai examinar imagens das câmeras de segurança do local para tentar identificar os bandidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.