Balconista reage a assalto e morre com tiro na cabeça

O balconista Elias Martins Moraes Neto, de 19 anos, saiu de casa anteontem com o primo Luciano Moraes Santana para curtir a Virada Cultural. Os dois haviam acabado de conhecer duas meninas quando foram abordados por dois ladrões na Rua Santa Ifigênia, em Campos Elísios.

Thiago Lasco, O Estado de S.Paulo

20 de maio de 2013 | 02h03

Os assaltantes mostraram uma arma e exigiram que as vítimas entregassem seus pertences. Luciano resistiu e levou uma coronhada na cabeça. Os ladrões então tomaram os celulares dos dois e saíram correndo.

Nesse momento, Elias suspeitou de que a arma poderia ser de brinquedo e resolveu perseguir a dupla para recuperar os aparelhos. Na altura da Avenida Rio Branco, na mesma região, um dos bandidos sacou a arma e baleou o jovem na cabeça.

O balconista foi levado para a Santa Casa, no centro, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo consta do boletim de ocorrência, os criminosos tinham entre 14 e 20 anos. A polícia vai examinar imagens das câmeras de segurança do local para tentar identificar os bandidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.