Gabriela Bilo/Estadão
Gabriela Bilo/Estadão

Balanço da polícia registra queda de homicídios e roubos durante carnaval em SP

Operação resultou em uma redução de 47,6% no número de homicídios dolosos e número de roubos recuou 4,9%

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

06 de março de 2019 | 16h00

SÃO PAULO - A Secretaria de Segurança Pública (SSP) divulgou nesta quarta-feira, 6, o número de ocorrências de crimes violentos entre a meia-noite de sexta-feira, 1º, e as 23h59 de terça-feira,5 de carnaval.

Segundo a pasta, a ação das polícias Militar e Civil durante o carnaval de São Paulo resultou em uma redução de 47,6% no número de homicídios dolosos, de 63 no feriado de 2018 para 33 este ano. 

O número de roubos em geral recuou 4,9% (de 3.152 para 2.996), o de veículos caiu 22,1% (752 contra 586) e as ocorrências contra bancos reduziram pela metade, com apenas um registro em todo o Estado. A queda no roubo de cargas foi de 19,4%. A ação das polícias também fez com que os furtos diminuíssem 0,9%, com 71 ocorrências a menos que em 2018. 

O furto de veículos também caiu, de 1.069 para 834, uma redução de 22% (235 casos a menos). Já os latrocínios caíram pela metade, de quatro para dois. Os estupros apresentaram queda de 12,2%, de 41 para 36.  Houve uma ocorrência a mais que em 2018 de estupro de vulnerável.

A operação Carnaval Mais Seguro contou com um aumento de efetivo de até 40%. O aumento no número de pessoas presas no Estado foi 197,7% maior que em 2018, com 1.039 presos a mais. Foram 93 adolescentes apreendidos, contra 20 no ano passado (alta de 365%). No mesmo período, a quantidade de recapturados subiu 331,9%, com 298 capturas. Foram abordadas 192.902 pessoas, ante 83.096 em 2018, ou seja, 132,1% a mais. 

O Comando de Policiamento Rodoviário  vistoriou 32.123 veículos, resultando em 1.902 motoristas autuados por consumo de álcool ou por se recusarem a fazer o teste do bafômetro. Além disso, 116 veículos foram removidos aos pátios e sete armas de fogo e 326 munições apreendidas.

Foram realizadas 4.894 apreensões de produtos irregulares nos últimos quatro dias. As ações contaram com o apoio da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

A Prefeitura de São Paulo emitiu 198 notificações de “multa do xixi” no período de carnaval, com base no Decreto 57.983, que tem o objetivo de conscientizar a população a não urinar nas ruas e vias da capital.

As equipes de saúde contratadas realizaram 2.431 atendimentos durante o Carnaval de Rua, até o momento. Foram 719 no período de pré-carnaval, 404 no sábado, 2, 493 no domingo, 3, 390 na segunda-feira, 4, e 425 nesta terça-feira, 5. No Anhembi, na primeira noite de desfile, foram feitos 63 atendimentos. Na segunda noite, 223 atendimentos. Na noite de domingo e madrugada desta segunda-feira (Grupo de Acesso), foram feitos 189 atendimentos e na madrugada desta terça-feira (Grupo de Acesso 2) foram 139.

A Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb) recolheu durante o pré-carnaval e o carnaval 649,3 toneladas de resíduos. Para lavagem das ruas, foram utilizados mais de 7 mil m³ de água reutilizada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.