Bala perdida mata diarista no Jabaquara

A diarista Tânia de Aquino, de 44 anos, morreu após ser atingida por duas balas perdidas, por volta das 17h45 de anteontem, quando caminhava pela Rua São Pedro do Sul, no Jabaquara, zona sul da capital paulista. O autor dos disparos seria um motoqueiro que parou o veículo na frente do n.º 250 da Rua São Pedro do Sul, desceu da moto e começou a atirar contra um rapaz, que, mesmo baleado, fugiu.

O Estado de S.Paulo

18 de abril de 2012 | 03h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.