Baixa umidade do ar faz Defesa Civil decretar estado de atenção em SP

Umidade relativa ficou em torno de 28% às 14h; no fim da tarde, porém, tempo fez índice subir

Priscila Trindade, da Central de Notícias

07 de maio de 2010 | 17h31

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo entrou em estado de atenção às 14 horas desta sexta-feira, 7, em razão da baixa umidade relativa do ar que ficou em torno de 28%.

 

Nesses casos, a Defesa Civil Municipal recomenda que a população evite praticar atividades ao ar livre das 11 às 15 horas e evite a exposições ao sol entre 10 e 17 horas. Além disso, é necessário ingerir bastante líquido para não haver problemas de desidratação.

 

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura, após às 16 horas, a mudança na direção dos ventos e a queda na temperatura fizeram o índice da umidade relativa do ar aumentar. A tendência é de que a capital saia do estado de atenção.

Tudo o que sabemos sobre:
SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.