Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Baixa umidade do ar deixa São Paulo em alerta pelo 5.º dia consecutivo

Com o afastamento da frente fria que se aproximava do Estado, tempo deve continuar seco

Solange Spigliatti, Central de Notícias

27 de agosto de 2010 | 12h54

SÃO PAULO - Os índices de umidade relativa do ar continuam caindo nesta sexta-feira, 27, na capital paulista e neste momento está em 14%, o que caracteriza estado de alerta pelo quinto dia seguido.

 

A cidade enfrenta a maior sequência de dias secos dos últimos dez anos. Há oito dias, os paulistanos vivem sob umidade relativa do ar inferior a 30%, o que configura estado de atenção.

 

Com o afastamento da frente fria que se aproximava do Estado, essa sequência ainda deve ser ampliada, porque a previsão é de chuva só para o 7 de Setembro.

 

A recomendação da Defesa Civil é que a população evite atividades ao ar livre e exposição ao sol entre as 10h e 17h e não pratique exercícios entre as 11h e 15h. É aconselhável a ingestão de bastante líquido para não ter problemas de desidratação.

 

Tudo o que sabemos sobre:
tempo seco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.