Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Baixa umidade deixa SP em estado de alerta

Índice de umidade relativa do ar na capital chegou a cerca de 18% nesta tarde; índices inferiores a 60% não são adequados para a saúde humana

Solange Spigliatti, estadão.com.br

20 de agosto de 2010 | 16h59

SÃO PAULO - A cidade de São Paulo está em estado de atenção por conta do baixo índice de umidade relativa do ar, que chegou a cerca de 18% no período da tarde, segundo decreto da Defesa Civil municipal, anunciado por volta das 16h30 desta sexta-feira, 20.

 

De acordo com a Defesa Civil, às 18 horas, o estado de atenção retorna para observação, pois a tendência é que o índice da umidade relativa do ar aumente.

 

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), o estado de alerta é considerado quando a medição do índice de umidade relativa do ar está entre os 12% e 20%. Abaixo dos 12%, já é considerado estado de emergência. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), índices inferiores a 60% não são adequados para a saúde humana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.