Azulejos de SP vão para Portugal

Depois de ficarem expostos no Museu Paulista, 11 painéis que retratam em tamanho real obras em azulejo sobre a história da República serão emprestados ao Museu do Azulejo de Portugal - onde estarão em cartaz em 2013.

EDISON VEIGA, O Estado de S.Paulo

29 Outubro 2012 | 03h04

Com curadoria do historiador Jonas Soares de Souza e projeto do arquiteto Carlos Gama Chuva, a mostra Azulejos: Contando uma História reproduz as peças originais do Museu Republicano Convenção de Itu, localizado na cidade de Itu. Idealizadas pelo historiador Afonso d'Escragnolle Taunay (1876-1958), essas composições de azulejos foram executadas pelo ceramista Antonio Luiz Gagni. Entre os episódios representados está a cena da assinatura da ata que documenta a primeira reunião da Convenção Republicana de Itu, ocorrida em 1873 na casa bandeirista da família Almeida Prado - hoje sede do próprio Museu Republicano de Itu.

Os trabalhos fotográficos são de autoria de Hélio Nobre, José Rosael, Irit Tommazini e Deborah Dubner. Assinam os textos da exposição os historiadores Cecília Helena Salles Oliveira e Paulo César Garcez Marins.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.