Ayrton Senna e Carvalho Pinto serão interditadas para obras de recuperação

Interdição feita pela Ecopistas nas rodovias ocorrerá entre os dias 15 e 20 de agosto

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

12 de agosto de 2011 | 17h43

SÃO PAULO - O Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, terá alguns trechos interditados pela concessionária Ecopistas para realização de obras de recuperação e melhorias entre os dias 15 e 20 de agosto.

Na rodovia Ayrton Senna, sentido Interior, as obras de recuperação de pavimento e sinalização horizontal bloquearão, alternadamente, todas as faixas da rodovia entre os quilômetros 20 e 23 (região de Guarulhos), de segunda a quinta-feira e no sábado, das 21h às 5h, e na sexta-feira, das 23h às 5h.

Os serviços de sinalização horizontal ocorrerão, em ambos os sentidos, do quilômetro 11,5 ao 60, com interdição alternada das faixas da esquerda, de segunda a quinta-feira, das 22h às 5h.

Na rodovia Carvalho Pinto haverá interdição alternada das faixas da esquerda e da direita para os serviços de sinalização horizontal, entre os quilômetros 61 e 130, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

A rodovia dos Tamoios passará por obras de recuperação de pavimento, no sentido rodovia Carvalho Pinto, de segunda a quinta-feira, das 7h às 18h, entre os quilômetros 10 e 11,5, com interdição alternada das faixas da esquerda e da direita.

Na rodovia Hélio Smidt, todas as faixas da rodovia e o acostamento serão bloqueados, alternadamente, de segunda a quinta-feira e no sábado, das 21h às 5h, e na sexta-feira, das 23h às 5h, em ambos os sentidos, do quilômetro 0 ao 2,4, para obras de recuperação do pavimento e sinalização horizontal.

Na interligação com a rodovia Presidente Dutra, em direção ao corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, as obras de recuperação de pavimento interditarão, alternadamente, as faixas da esquerda e da direita e o acostamento, do quilômetro 2 ao 5, das 7h às 18h, de segunda-feira a sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.