Avião que levava corpo some após decolagem

Um bimotor Sêneca que partiu anteontem à noite do Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus (BA), para Brasília, desapareceu pouco depois da decolagem. A aeronave levava o corpo de Carita de Souza Ramos, de 61 anos, que morava na capital federal e morreu na Praia da Barra, onde passava férias. Também estavam no avião o viúvo e o piloto. O velório, que deveria ter ocorrido ontem, foi cancelado. O tempo estava bom no momento da decolagem e testemunhas relataram ter visto um bimotor perdendo altitude sobre o mar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.