Rafael Santos - Arquivo Pessoal
Rafael Santos - Arquivo Pessoal

Avião faz pouso de emergência na Rodovia dos Bandeirantes

Instrutor e aluno tinham acabado de decolar do Aeroporto de Jundiaí, quando houve pane na aeronave

Ivan Machado, Especial para O Estado

27 Novembro 2015 | 15h57

Um avião Cessna 152 fez um pouso de emergência às 11h04 desta sexta-feira, 27, no km 60 da Rodovia dos Bandeirantes, em Jundiaí, na pista sentido interior/capital. Vários motoristas gravaram a aterrissagem e publicaram vídeos no YouTube. 

O instrutor e um aluno da Escola EJ de Aviação não sofreram ferimentos. Eles tinham acabado de decolar do Aeroporto de Jundiaí, quando houve pane no avião Cessna prefixo PR-EJV. O piloto optou por descer entre os carros da Rodovia dos Bandeirantes, na faixa da esquerda. 

O diretor da Escola EJ, Renan Rocha, disse que o Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa) vai investigar as causas do "incidente". Ele informou que tanto o piloto quanto o aluno estavam com a habilitação em dia.

"Graças a Deus não houve feridos e nem acidente. Nos preocupamos em desobstruir a pista e deixar o piloto e o aluno calmos. Agora vamos aguardar as investigações. A aeronave estava com tudo em dia", garantiu.

A concessionária AutoBan interditou duas faixas e houve quatro quilômetros de congestionamento até a liberação pela perícia da Polícia Científica. Depois a aeronave foi guinchada. 

O delegado Seccional de Jundiaí, Luiz Carlos Branco Júnior, também pediu investigação pela Polícia Civil. 

Rocha descartou uma das hipóteses, de colisão contra aves, para o pouso forçado. "Vamos aguardar o Seripa", disse. A asa do lado direito estava danificada. Segundo funcionários da AutoBan, o motivo foi o choque contra uma placa de sinalização.

 

Vídeos da internet também serão usados para as investigações. O piloto e o aluno não falaram com a imprensa.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.