Corpo de Bombeiros / Divulgação
Corpo de Bombeiros / Divulgação

Duas pessoas morrem após queda de avião em estrada de Boituva, no interior de São Paulo

Acidente ocorreu quando aeronave sofreu pane elétrica e o piloto tentou pouso de emergência em uma propriedade rural

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de maio de 2022 | 14h32
Atualizado 12 de maio de 2022 | 11h38

Um avião de pequeno porte caiu em uma estrada vicinal de Boituva, a cerca de 120 quilômetros da capital no interior de São Paulo, na tarde desta quarta-feira, 11. Segundo o Corpo de Bombeiros do Estado, 11 pessoas foram encontradas no local. Dois morreram. A queda da aeronave foi registrada pela corporação àss 12h13.

A Associação dos Paraquedistas de Boituva confirmou a morte de André Luiz Warwar, de 53 anos, e Wilson José Romão Junior, de 38. Diretor de filmes, André já era paraquedista experiente.

Conforme a entidade, o acidente aconteceu quando a aeronave sofreu uma pane elétrica e o piloto tentou um pouso de emergência em uma propriedade rural. O Centro Nacional de Paraquedismo, em Boituva, é um dos que mais realizam saltos com paraquedistas profissionais e turísticos no mundo, segundo a prefeitura. São em média 120 decolagens para saltos por dia.

Tudo o que sabemos sobre:
Boituva [SP]acidente aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.