Google Maps
Google Maps

Avião bimotor com cinco pessoas a bordo faz pouso forçado em Campinas

Barulho causado pelo impacto da aeronave com o solo assustou os moradores do Jardim Bissoli, na periferia da cidade; as causas do acidente estão sendo apuradas

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2019 | 11h19

SOROCABA - Um avião bimotor com cinco pessoas a bordo fez um pouso de emergência, na madrugada desta terça-feira, 2, em uma área de pastagem, próxima do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo. A aeronave sofreu sérios danos, mas o piloto e os quatro passageiros tiveram apenas ferimentos leves, segundo o Corpo de Bombeiros.

O pouso aconteceu a pouco mais de três quilômetros da cabeceira da pista do aeroporto. O barulho causado pelo impacto da aeronave com o solo assustou os moradores do Jardim Bissoli, na periferia da cidade.

O avião da Embraer 121A1 Xingu II saiu do aeroporto de Sorocaba, na mesma região, e seguiria para Palmas, capital de Tocantins. Ainda não se sabe que tipo de avaria aconteceu no turbo-hélice. De acordo com os bombeiros, o piloto relatou ter perdido altura e escolhido um local para o pouso de emergência, evitando as casas e prédios existentes no bairro. O trem de pouso e a fuselagem sofreram danos no momento da queda.

As primeiras viaturas do Corpo de Bombeiros chegaram ao local pouco tempo após o acidente e isolaram a área. Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foram acionadas. Os ocupantes, com ferimentos leves, foram levados para hospitais de Campinas e já tiveram alta.

Os bombeiros entraram em contato com o Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa), ligado ao Comando da Aeronáutica. Uma equipe irá apurar as causas do acidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.