Google Maps
Google Maps

Avião bimotor com cinco pessoas a bordo faz pouso forçado em Campinas

Barulho causado pelo impacto da aeronave com o solo assustou os moradores do Jardim Bissoli, na periferia da cidade; as causas do acidente estão sendo apuradas

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2019 | 11h19

SOROCABA - Um avião bimotor com cinco pessoas a bordo fez um pouso de emergência, na madrugada desta terça-feira, 2, em uma área de pastagem, próxima do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo. A aeronave sofreu sérios danos, mas o piloto e os quatro passageiros tiveram apenas ferimentos leves, segundo o Corpo de Bombeiros.

O pouso aconteceu a pouco mais de três quilômetros da cabeceira da pista do aeroporto. O barulho causado pelo impacto da aeronave com o solo assustou os moradores do Jardim Bissoli, na periferia da cidade.

O avião da Embraer 121A1 Xingu II saiu do aeroporto de Sorocaba, na mesma região, e seguiria para Palmas, capital de Tocantins. Ainda não se sabe que tipo de avaria aconteceu no turbo-hélice. De acordo com os bombeiros, o piloto relatou ter perdido altura e escolhido um local para o pouso de emergência, evitando as casas e prédios existentes no bairro. O trem de pouso e a fuselagem sofreram danos no momento da queda.

As primeiras viaturas do Corpo de Bombeiros chegaram ao local pouco tempo após o acidente e isolaram a área. Ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também foram acionadas. Os ocupantes, com ferimentos leves, foram levados para hospitais de Campinas e já tiveram alta.

Os bombeiros entraram em contato com o Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa), ligado ao Comando da Aeronáutica. Uma equipe irá apurar as causas do acidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.