Rafael Arbex / ESTADAO
Rafael Arbex / ESTADAO

Avenidas Tiradentes e São João vão receber blocos cariocas

Bangalafumenga e Sargento Pimenta desfilariam na Avenida Santos Dumont, nas proximidades do sambódromo do Anhembi

Adriana Ferraz, O Estado de S. Paulo

27 de janeiro de 2016 | 15h50
Atualizado 27 de janeiro de 2016 | 20h22

SÃO PAULO - A três dias de seus desfiles, três dos principais blocos que se apresentarão em São Paulo tiveram o trajeto alterado pela Prefeitura. A festa dos cariocas Bangalafumenga e Sargento Pimenta, marcada para sábado, a partir das 10h30, foi transferida para a Avenida Tiradentes, na região central, e o Quizomba, também do Rio, vai para o cruzamento das Avenidas São João e Duque de Caxias, também no centro, no domingo, a partir das 10 horas. Até esta quarta-feira, todos participariam da festa na Avenida Santos Dumont, nas proximidades do Anhembi.

Oficialmente, a mudança foi feita por questões operacionais, por causa do aumento de blocos na cidade, especialmente neste fim de semana. “Por este motivo, diversos novos bloqueios passaram a ser necessários e, com isso, a Avenida Santos Dumont terá um papel estratégico na logística de acesso ao carnaval do sambódromo”, afirmou a Secretaria Municipal da Cultura, em nota.

Mas, segundo produtores dos blocos ouvidos pelo Estado, a mudança não foi planejada. Ela teria sido definida apenas após pedido da Liga das Escolas de Samba de São Paulo, na terça. Isso porque as agremiações fazem os últimos ensaios técnicos no Anhembi no sábado e no domingo e a presença dos blocos poderia atrapalhar a chegada dos componentes, que também usam carros de som e equipamento para “treinar” na avenida.

A alteração ainda pegou os blocos de surpresa, pois o trajeto pela Avenida Santos Dumont foi sugerido pela própria Prefeitura no fim do ano passado, como forma de evitar a concentração dos foliões na Vila Madalena, zona oeste. Em 2015, os blocos se apresentaram na Avenida Sumaré, que dá acesso ao bairro, e a movimentação de pessoas por bares e restaurantes após os desfiles provocou atritos com os moradores.

Os novos endereços foram divulgados no fim da tarde desta quarta-feira pela gestão Fernando Haddad (PT). Até a definição, outras vias importantes da capital estavam sendo disputadas pelos blocos, como a Avenida 23 de Maio, que não recebeu aval da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Técnicos do órgão passaram a tarde desta quarta avaliando as condições de diversas ruas e avenidas de São Paulo candidatas a receber o carnaval. A Avenida Dom Pedro I, no Ipiranga, também chegou a ser cogitada. 

As vias escolhidas oferecem mais opções de acesso aos foliões. A concentração dos blocos Bangalafumenga e Sargento Pimenta, no sábado, será nas proximidades da Estação Tiradentes do Metrô, na Linha 1-Azul. Já os participantes do Quizomba, que sai no domingo, podem seguir para a Estação Santa Cecília, na Linha 3-Vermelha.

Programação. Tradicionais no Rio, os blocos Bangalafumenga e Sargento Pimenta reuniram mais de 50 mil pessoas na capital paulista em 2015. Neste ano, eles fazem parte de uma programação que reúne cerca de 350 blocos de rua cadastrados oficialmente pela Prefeitura, que promete ampliar as ações de apoio ao evento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.