Avenida Salim Farah Maluf fechará para construção de complexo viário

Previsão é de que obras comecem às 5 horas desta segunda-feira, 18 e termine em sete dias; interdição das vias tem como objetivo a construção do Complexo Viário padre Adelino

estadão.com.br,

18 Julho 2011 | 02h37

SÃO PAULO -  O acesso da Avenida Salim Farah Maluf, no sentido Marginal Tietê, para a Rua Padre Adelino, sentido Praça Silvio Romero, será bloqueado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) às 5 horas desta segunda-feira, 18. A previsão da Companhia é de reabertura em sete dias. A interdição tem como objetivo a construção do Complexo Viário Padre Adelino.

 

A CET informou ainda que fará outras alterações nas vias. A Rua Padre Adelino, entre a Rua Itaparé e a Avenida Salim Farah Maluf, neste sentido, passará a ser mão única. Os veículos que vierem da Avenida Salim Farah Maluf, no sentido Marginal Tietê, com destino à Praça Silvio Romero, terão que entrar à direita na Rua Santa Lúcia, à esquerda na Rua Bom Sucesso, e à direita na Rua Padre Adelino, retornando ao caminho original.

 

Já o Complexo Viário Maria Maluf, no sentido Imigrantes, ficará fechado das 23h30 de hoje às 5 horas de terça-feira, 19, e no sentido Anchieta, das 23h30 de terça-feira às 5 horas de quarta-feira, 20, para manutenção dos jatos ventiladores. O Complexo Viário Maria Maluf fica entre as Avenidas dos Bandeirantes e Presidente Tancredo Neves.

 

Segundo a CET, durante a interdição no sentido Imigrantes o desvio será realizado pelas ruas do Boqueirão, Ribeiro Lacerda e Avenida Professor Abraão de Morais. Durante o bloqueio no sentido Anchieta, haverá um desvio em contra fluxo pelo túnel do sentido Imigrantes. Os veículos do sentido Imigrantes serão desviados pelas Ruas do Boqueirão, Ribeiro Lacerda e Avenida Professor Abraão de Morais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.