Divulgação
Divulgação

Avenida Paulista vive noite de festa para a chegada de 2015

Paulistanos, turistas e ambulantes aproveitam a festa da mais famosa avenida do Brasil

Rafael Italiani Baseggio, O Estado de S. Paulo

31 Dezembro 2014 | 20h44

Atualizado às 21h10

Na expectativa para a contagem regressiva que antecede a virada de ano para 2015, aos poucos a Avenida Paulista vai sendo ocupada por paulistanos, turistas e ambulantes que vieram aproveitar a festa. Ainda há espaço de sobra na via para quem quiser aproveitar a programação. Segundo a organização, são esperadas 2 milhões de pessoas. A banda de rock Gin é a primeira atração da festa e deve ficar 20 minutos no palco.

Três amigos de Campinas, no interior de São Paulo, que poderiam ter passado a festa da virada na areia de Copacabana, no Rio, trocou um dos pontos mais badalados do mundo pela avenida mais conhecida do Brasil. "Vamos fazer um bate e volta mas ainda não decidimos quem vai ter que ficar sem beber para pode dirigir", disse o fonoaudiólogo Bruno Oliveira, de 25 anos. A meta dele para 2015 é justamente tirar um Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Isso porque, dos três amigos, ele é o único que não bebe. "Mas também não dirige e acaba não ajudando muita coisa", brincou o produtor musical Paulo Lima, de 25 anos. Tanto ele quanto o amigo que não sabe dirigir estão estreiando na Virada da Paulista. "Eu que convenci os dois. Vim no ano passado e adorei. Apesar de não gostar muito do estilo da música, acabo aproveitando a festa", disse a cantora Jéssica Rossi, também de 25 anos.

Do lado de fora, antes dos pontos de revista da Polícia Militar, os ambulantes aproveitam o último dia do ano para faturar com canecas brilhantes, capas de chuva e bebidas. "Faz anos que eu venho aqui para trabalhar. Não me vejo fazendo outra coisa no final do ano que não seja vendendo meus produtos", disse o ambulante Milton Cardoso dos Santos, de 53 anos, que estava acompanhado do casal de filhos, também ambulantes.

Na programação, show com a banda Art Popular às 22h. Depois, apresentação do cantor Michel Teló. A contagem regressiva será feita por ele e por ex-participantes do programa de televisão The Voice.

Ambulante detido. Até as 20h30 foi registrada apenas uma ocorrência policial, segundo a PM. Um ambulante foi levado para o 78°DP (Jardins) por ter desacatado um policial. Segundo os policiais, o ambulante se envolveu em uma confusão com agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM). O ambulante estaria vendendo cerveja na esquina da Avenida Paulista com a Rua Augusta.

Mais conteúdo sobre:
reveillon avenida paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.