Avenida Brasil passa a ter limite de 60 km/h na 2ª

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai unificar a velocidade máxima no corredor formado pelas Avenidas Ordem e Progresso, Antártica, Viaduto Antártica, Sumaré, Paulo VI, Rua Henrique Schaumann, Avenidas Brasil, Pedro Álvares Cabral, Rua Manuel da Nóbrega e Avenidas República do Líbano e Indianópolis em 60 km/h, a partir de segunda-feira. A justificativa é de ampliar a segurança no eixo, que tem 16,4 km, e reduzir os acidentes em até 20%.

, O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2011 | 00h00

As mudanças valem para as Avenidas Ordem e Progresso, Antártica, Brasil e Pedro Álvares Cabral, Ruas Henrique Schaumann e Manuel da Nóbrega, além do Viaduto Antártica, num total de 7,2 km, onde a velocidade cai de 70 km/h para 60 km/h. Nos 9,2 quilômetros restantes a velocidade regulamentada já é de 60 km/h.

Placas. Estão sendo instaladas 201 placas de regulamentação de velocidade e advertência e 18 faixas informativas para alertar os motoristas. A CET recomenda aos usuários que estejam atentos quanto à nova regulamentação e informa que os radares já estarão fiscalizando, no dia 20 de junho, os veículos que desrespeitarem a nova regulamentação. Com as novas regras de velocidade, a CET pretende aumentar a segurança neste eixo, com uma redução estimada de 20% no risco de acidentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.