Australiano morre ao cair de asa delta em campeonato de voo livre

Piloto David Seib, de 44 anos, participava do Super Race Brasil na cidade de Carmo do Rio Claro, no sul de Minas

RENE MOREIRA , ESPECIAL PARA O ESTADO , FRANCA, O Estado de S.Paulo

06 Abril 2012 | 03h03

Localizada no sul de Minas Gerais, a cidade de Carmo do Rio Claro é conhecida por suas belas cachoeiras e montanhas. Na tarde de ontem, também virou palco de uma tragédia. O piloto australiano David Seib, de 44 anos, morreu enquanto participava do Super Race Brasil, o Campeonato Brasileiro de Voo Livre.

David caiu com sua asa delta logo após saltar na Serra da Tormenta, região muito visitada pelos turistas e ideal para esse tipo de salto.

Os organizadores da competição, que tinha no total 60 competidores do Brasil e de outras partes do mundo, contaram que ele caiu e bateu em uma pedra logo após decolar. Eles não souberam dizer o que ocorreu, porque David é considerado experiente no ramo.

O australiano prestava serviços para uma empresa que produz asas deltas e outros equipamentos do tipo.

A asa delta teria feito um movimento como de um bumerangue e, na saída, dado uma volta e retornado direto contra uma pedra da montanha.

O piloto australiano chegou a ser socorrido por bombeiros e um médico, mas morreu instantes depois de dar entrada no hospital da cidade.

Continuação. O campeonato, que já existe há dez anos, tem validade para o Mundial de Voo Livre. Até o início da noite de ontem, não havia definição sobre se seria suspenso. A decisão deve ser tomada hoje, quando novas provas estavam previstas para acontecer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.