Ausência de piloto não afetou voo, diz sindicato

O maior sindicato de pilotos da França divulgou ontem, em Paris, nota pública para protestar contra as informações reveladas pela revista alemã Der Spiegel sobre a queda do voo 447, em maio de 2009. Segundo a revista, o piloto do Airbus A330-200, Marc Dubois, não estava na cabine de comando no momento das primeiras panes registradas no avião. Para o Sindicato Nacional de Pilotos de Linha, o procedimento é considerado totalmente normal, regulamentado por normas internacionais e incapaz de explicar um acidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.