Aumenta indenização por arma entregue

Quem aderir à Campanha Nacional de Desarmamento vai receber valor maior de indenização. O Ministério da Justiça, por meio da Portaria 2.969, reajustou as indenizações pagas a quem entrega de forma voluntária arma de fogo para destruição. Os novos valores vão de R$ 150 a R$ 450, conforme o calibre do armamento. Anteriormente, a indenização variava de R$ 100 a R$ 300.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.