Ernesto Rodrigues/AE-18/3/2010
Ernesto Rodrigues/AE-18/3/2010

Aula de direção noturna pode ser feita agora até 23h

Antes, último horário era às 22h; aprendizado noturno é obrigatório para quem quer tirar 1ª CNH ou mudar de categoria

Renato Machado, O Estado de S.Paulo

15 de junho de 2011 | 00h00

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran) ampliou o horário para a realização das aulas de direção noturna - que desde o ano passado são obrigatórias. Os Centros de Formação de Condutores (CFCs) podem agora oferecer essas atividades de segunda a sábado, das 18h30 às 23 horas (o horário anterior era até as 22h). Além disso, essas aulas não precisarão mais ser as últimas do processo.

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determinou em maio do ano passado que 20% do total de aulas práticas deveria ser à noite - quatro horas para os candidatos à primeira Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e três para quem vai mudar de categoria. Caberia a cada Estado definir os horários que seriam considerados como "noite".

Essa é a segunda mudança nos horários das aulas à noite promovida pelo Detran paulista. Essas aulas inicialmente seriam das 20h às 23h30, mas houve reclamações de que o horário era reduzido e haveria risco de assaltos para os CFCs, que ficariam abertos até tarde. Depois houve mudança para das 18h30 às 22h.

Os novos horários não valem apenas durante os meses de junho, julho, agosto e setembro (inverno), quando as aulas noturnas podem começar às 18h (e não às 18h30). Outra alteração ocorre durante a vigência do horário de verão, quando essas instruções devem acontecer entre 19h30 e 23h.

Antecipação. O Detran também mudou a regra que estabelecia o momento do processo em que as aulas deveriam começar. Candidatos à primeira CNH podem começar a fazer as práticas noturnas a partir da décima aula - não mais na 17.ª. Quem vai mudar de categoria é livre para decidir - a aula noturna pode ser já a primeira.

"Foi uma solicitação nossa, porque a questão da 17.ª aula engessava os usuários, que tinham dificuldade para marcar a aula", disse o presidente do Sindicato das Autoescolas do Estado de São Paulo (Samesp), José Guedes Pereira. "Agora ele vai ter mais liberdade para agendar as aulas noturnas e evitar que o processo atrase por falta de vagas."

PARA LEMBRAR

Desde o início do mês, o Detran está enviando carteiras de habilitação definitivas pelo correio. A medida faz parte de um pacote do órgão para melhorar o atendimento ao público e acabar com os intermediários. Por mês, o Detran espera mandar 50 mil habilitações a motoristas que ficaram um ano com a provisória. Uma central telefônica e serviços pela internet são as próximas mudanças.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.