Atual campeã, Vai-Vai se destaca na primeira noite de desfiles em São Paulo

Escola apresentou enredo que homenageia as mulheres; Mancha Verde, que contou com o ex-goleiro Marcos, também se destacou

18 de fevereiro de 2012 | 08h32

Com um enredo em homenagem às mulheres, a atual campeã do Carnaval paulistano, a Vai-Vai, animou o público no Sambódromo do Anhembi e foi o destaque do primeiro dia de desfiles.

A escola abriu sua apresentação com um carro alegórico que aspergia perfume e contou com estrelas como as atrizes Claudia Raia e Marisa Orth e a modelo Ana Hickman para homenagear mulheres: Tarsila do Amaral, Irmã Dulce, Carmen Miranda e Dilma, entre outras, representavam as brasileiras.

Como todas as sete concorrentes da noite, a escola terminou a exibição dentro do prazo estipulado de 65 minutos. Mas uma das alegorias da Vai-Vai se enroscou com um cronômetro da passarela e uma escada foi improvisada para dar sustentação a ele.

A Mancha Verde, outro destaque da noite, teve um carro quebrado mas conseguiu terminar bem a apresentação.

O ex-goleiro Marcos, ídolo do Palmeiras que se aposentou neste ano, participou do desfile acompanhado da mulher da filha. Com o dia já claro, saiu no último carro da apresentação que homenageava a humildade e religiões de origem africana.

Edmundo, ídolo do Palmeiras na década de 1990 e hoje comentarista de TV, também desfilou pela escola com origem em uma torcida organizada do clube. As musculosas Juju Salimeni e Viviane Araujo estavam entre as musas da agremiação.

'O Reino do Justus'. A Rosas de Ouro, com o inusitado enredo que homenageia o publicitário Roberto Justus, também se destacou. A escola, que já ganhou oito títulos, o último em 2010, quer apagar a lembrança do decepcionante oitavo lugar na classificação de 2011.

Para a avenida, a agremiação da Freguesia do Ó levou carros alegóricos luxuosos e sofisticados. Abriu o desfile com um livro de contos de fada de onde saíam bailarinos e ilustrou o enredo que conta a história de um rei húngaro fictício com muitas referências à Europa medieval. 

Ticiane Pinheiro e Roberto Justus, descendente de húngaros, desfilaram no último carro da escola, que, neste carnaval, completa 40 anos de existência.

Com supostas celebridades como Mayra Cardi, ex-BBB, a miss bumbum Rosana Ferreira e a ex-chacrete Rita Cadillac, a X-9 empolgou parte do público. O enredo da escola com origem na Parada Inglesa cantava o Rally dos Sertões e as alegorias traziam elementos do universo das corridas de carro e do interior do País.

Mais conteúdo sobre:
Carnaval 2012, SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.