Atropelador nega ter bebido antes de acidente

O comerciante Fabrisio de Campos Moura, de 34 anos, negou que estava bêbado no momento em que atropelou e matou o motociclista José Francilino Júnior, de 37 anos, na Via Anchieta, em São Bernardo, no ABC. O acidente foi na madrugada de segunda-feira. Depois de atingir Francilino com seu BMW, Moura fugiu. Indiciado por homicídio doloso, ele aguardará o julgamento em liberdade.

O Estado de S.Paulo

04 Maio 2013 | 02h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.