Atrasos constantes

Todos os domingos vou ao Terminal Sacomã por volta das 23 horas para embarcar no ônibus 5034-10 (Via Livieiro-Terminal Sacomã) ou no 5034-31 (Terminal Sacomã-Via Livieiro). Os fiscais sempre respondem que a linha está operando com dois carros e que um deles quebrou. No dia 27/6, o coletivo chegou à 00h12 vazio. O motorista disse que ele estava parado no pátio do terminal. Na fila, já havia cerca de 50 pessoas. A SPTrans deveria fazer um estudo sobre a necessidade de carros por linha. No período de 1h12, em que fiquei aguardando o ônibus, saíram: quatro coletivos 5033/10, com uma média de 3 pessoas em cada um; três 5038-10 (Parque Bristol-Terminal Sacomã), com 10 usuários em cada um; e três ônibus 5030-10 (Jardim Maria Estela-Terminal Sacomã), com cerca de 5 passageiros por veículo.

, O Estado de S.Paulo

15 de julho de 2010 | 00h00

THIAGO SCHADECK FERNANDES / SÃO PAULO

A SPTrans informa que fez

fiscalizações nas Linhas 5034-10 e 5034-31, constatou que houve descumprimentos de partida e, por isso, autuou e multou a operadora responsável. Diz que intensificou a fiscalização e acrescenta que, caso sejam constatadas irregularidades, a operadora será punida de acordo com a legislação vigente. Esclarece ainda que a Linha 5034-10 está programada para operar com seis veículos, com intervalos médios de 15 minutos aos domingos. Já a linha 5034-31 (circular) opera com dois veículos, com intervalos médios de 30 minutos aos domingos.

O leitor comenta: Em 4/7, à tarde, esperei o 5034-10 no ponto da Rua Cachoeira Dourada por cerca de 50 minutos. É preciso aumentar a quantidade de carros durante os finais de semana. Soube que foi aplicada uma multa contra a empresa. Deveriam analisar os relatórios de final de semana dos fiscais para verificar qual é o intervalo realizado e corrigi-lo, pois muitas vezes os ônibus ficam estacionados dentro do próprio terminal por mais de uma hora.

No dia 21/6, cheguei no ponto final da Liberdade às 17h52 e o ônibus da operadora Via Sul saiu somente às 18h19. Em 30/6, havia filas imensas e o fiscal não as organizou. Tive de esperar durante 28 minutos pelo ônibus 314-J (Santa Madalena-Metrô Liberdade). A fila de espera desse coletivo estava misturada com a dos que esperavam o 314-V (Vila Ema-Metrô Liberdade) e algumas pessoas conseguiram furá-la. No dia 5/7, cheguei ao ponto às 18 horas e já havia quatro filas para as Linhas 314-J e 314-V. Saí de lá às 18h32 e, nesse intervalo, saíram apenas dois carros da 314-J e dois da 314-V.

ANA EMILIA D. GURNIAK / SÃO PAULO

A SPTrans esclarece que as linhas 314J-10 e 314V-10 foram fiscalizadas no início do mês. Foram constatados descumprimentos de partidas e a empresa responsável foi autuada. A fiscalização das linhas será intensificada com o objetivo de minimizar os transtornos aos usuários. Esclarece que a Linha 314J-10 opera com uma frota de 16 veículos, com intervalo médio de 15 minutos, e a Linha 314V-10 opera com intervalo médio de

20 minutos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.