Atrasos atingem 13,1% dos vôos de Cumbica

No País, 20,4% do total de vôos programados sofrem atrasos de mais de uma hora

Fabiana Marchezi, do estadao.com.br,

30 de julho de 2007 | 16h17

De acordo com a Infraero, até as 15 horas desta segunda-feira, 30, de 1.125 vôos programados em 14 terminais do País, 230 atrasaram mais de uma hora, o equivalente a 20,4% do total, e 77 foram cancelados, que corresponde a 6,8%.   O Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, que nesta segunda recebe 64 vôos transferidos do Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, registrou atrasos superiores a uma hora em 30 dos 229 vôos previstos, que representa 13,1%. Outros quatro vôos foram suspensos.   Já o Aeroporto Internacional de Congonhas, na zona sul de São Paulo, contabilizou o maior número de cancelamentos, com 21 operações suspensas, o que representa 21,2% dos 99 vôos programados – a assessoria de imprensa da Infraero acredita que o balanço esteja comprometido pelo quadro de alterações na malha. Outros dois vôos atrasaram.   O Aeroporto de Florianópolis, em Santa Catarina, apresentou o maior percentual de atrasos, com 52,9% das operações atrasadas. Dos 17 vôos previstos, nove sofreram mudanças no horário além de uma hora. Dois vôos foram cancelados.   No Aeroporto Galeão, do Rio de Janeiro, foram contabilizados atrasos em 24 das 104 operações programadas. Apenas nove vôos foram cancelados. Já no Aeroporto de Brasília, no Distrito Federal, 25 dos 91 vôos previstos operaram fora do horário e um foi cancelado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.